30 de mai de 2014

O diário dos tempos de Wanderline Freitas e sua arte

Adicionar legenda

Produzindo freneticamente na fan page Tempo de Arte https://www.facebook.com/wanderlinetempodearte e no blog Hora de ler http://horadelerhq.blogspot.com.br/ o artista plástico Wanderline Freitas ainda arranja tempo para produzir telas e retratos para seus fãs/clientes.
Deixando cair por terra aquela fatídica frase que todos nos alimentam com desânimo e pesar :
"Ando sem tempo".
Wanderline faz 24 horas do dia se transformar magicamente em 48 horas e se transforma num Jack Balder da arte, tentando solucionar tudo de uma vez.




Anos atrás precisávamos fazer biografias para ajudar a identificar quem era quem em uma exposição que montamos na cidade do Natal. Sobrou pra mim fazer essas biografias...

Espero que gostem :

MINHA BIOGRAFIA POR MIGUEL RUDE



Nascido em Assu, RN esse rapaz franzino sempre batalhou pelos seus sonhos.
Aos 12 anos começou a rabiscar influenciado pelo irmão mais novo.
Veio para Natal com a cara e a coragem...
O conheci nesta época quando chegou em uma das conturbadas reuniões que tentávamos fazer na Gibiteca da Capitania das Artes, com seus livretos que próprio escrevia, desenhava e montava dentro de sua valise de papelão (que próprio montou também),ansioso para ter seu trabalho publicado por alguém.
Digo ansioso literalmente, já que na época sofria de ansiedade.
Mesmo assim não desistia.
Tentou de tudo. De pintor de comerciais em cigarreiras a ilustrador de cartazes e peças para festas infantis.
Inicialmente começou só, tendo que morar em casas de amigos pela cidade.
Até se ajustar e ser acompanhado pelos dois irmãos que vinham também da cidade de São Rafael onde morava.
Como um bom trabalho uma hora é reconhecido, começou a dar aulas em ateliês e até em universidades particulares.
Sempre pedindo conselhos para melhorar seus quadrinhos que nunca parava de escrever, desenhar e montar.Conselhos esses que nem sempre seguia, mas precisava saber a opinião dos outros.
Ainda hoje pergunta, mas recebe mais elogios que sugestões agora.

Um fato importante que vale ressaltar aqui é a ocasião que me convidou para dar aulas aos conhecidos em sua cidade, São Rafael.
Na época eu estava passando por varias dificuldades e achei melhor ‘fugir’ um pouco da capital.
Me senti em Smallville (só que mais quente rsssr ) com direito aos pais de Clark Kent, Marta e Jonathan. Falo dos pai de Wanderline, que o incentivou desde sempre a trabalhar com o que ele se sentisse bem.
Voltei melhor, mais responsável (quer dizer, menos irresponsável rsrsrs) e com a idéia de por em pratica o que me passaram.
Funcionou! E hoje incentivo meus alunos e companheiros de profissão a acreditarem fazerem o mesmo.
Wanderline fez e é o que é hoje. Quem sabe o que mais ele ira conseguir depois de sugerir a criação do QUADRO A QUADRO?



Nenhum comentário:

Postar um comentário