4 de jan de 2012

A difícil arte de recomeçar…

De tanto fazer caricaturas, sinto falta de quadrinizar as coisas, arte-finalizar , enfim AVANÇAR !
Lembro que em minha passada por mossoró , conheci o caricaturista @TulioRatto  que após ver meu portfólio me disse que eu estava numa zona de segurança, que eu não…AVANÇAVA!

Essa coisa de cliente querer sair linda em caricatura, “não me desenhe assim e assado” vai podando a gente, sem dar margem pra avanços…

Passados dois anos após esse apontamento do caricaturista mossoroense , vejo que novamente estou me contendo, me prendendo…

Mas…

Ficamos cançados em certo ponto…Quem não fica?
Podar a liberdade criativa em detrenimento de pagar as contas , pesam depois na consciência e agente se sente vendido…

A partir de agora quando vierem com altos papos, lógico que não darei uma de @DiVasca  , mas ao menos irei explicar que me contrataram porque viram PREVIAMENTE meu trabalho e será daquele geito, naquele estilo… E confiem em mim, caso contrário, passo pra outro artista…


Antes de fazer este post, já tinha posto no twtipic ,que gosto muito,
(quando não faz  a besteira de NÃO postar o desenho + texto que planejei)  essa foto que tirei no emprego com o texto abaixo :
488490895
“Sabe aquela sensação que criança tem quando compra material escolar novo? Tô eu aqui com o caderno que comprei e as lapiseiras e as canetas pra arte-final... O desenho é testando a mina da faber castel “

Isso foi me dando a idéia de escrever algo , sei lá… Então na madruga (como sempre), ao tentar assistir Wolverine –Anime  em meio a uma nuvem de formigas voadoras gigantes que tentavam usar meus olhos e boca de aeroporto, resolvi pegar  caneta Pitt – artist pen da Faber Catell e “sentir” o que ela é capaz de fazer num papel Vergê plus que tava aqui numa pasta plática e dificilmente uso eles, “esperando” oportunidades…
O resultado vocês conferem abaixo:
SCAN0048 PITT WEB

Escaneei, montei e quando ia por no Twitipic, o danadinho me deixou na mão… e como nesse mundo tudo tá interligado, o Ota Assunção  tava reclamando de um troll no facebook, me lembrei de minha antiga postagem :

http://miguelrude.blogspot.com/2011/09/quer-produzir-ignore-os-trolls.html

e do vídeo : http://www.youtube.com/watch?v=B2HqX65Wug0
contido no mesmo post.

Joguei os links na timeline do facebook e comecei a escrever esse post sem um foco aparente a não ser postar essa imagem desse novo estudo em cima da arte do Joe Bennet , com meus  novos materiais …
E, o Volney Oliveira  começou a conversar naquele messenger do facebook dizendo que curtiu o post, eu mandei mais e fomos conversando , e colei abaixo, um trecho do que falei:

“a diferença entre eu e vc é so um ponto:

aos nove anos eu puz na cabeça q qm faz essas porras tem dinheiro e vive disso

(pensei isso apos ver filmes da disney na "disneylandia " q passava aos domingos na globo)

eram ADULTOS

nao crianças

enfim por aí
bom aí depois qndo fiquei adolescente
eu assisti "procura-se amy " de kevin smith onde o personagem dizia que só fazia quadrinhos quando tinha lago a dizer”

Bom, novamente agradeço quem leu até aqui (talvez só o Volney mesmo, após terminar aqui e linkar pra ele ver ) , mas talvez ele queira mostrar pra alguém essa bagaça e o blog tenha dois leitores esse mês, mas tá valendo, negócio é  dizer algo antes de focar os rumos a seguir nesse novo ano (que talvez seja o último segundo os Maias, né? =D ) , veremos se esse foco permanece … Tomara…

Miguel Rude

Nenhum comentário:

Postar um comentário